ODE AO UNIVERSO, poema de Elza Fraga y obra de Virginia Palomeque

Ave
que te quero Terra
florida
sem dores,
sem fome,
sem guerra.
Ave
que te quero Mar
A abraçar
os continentes
levando imponente
a passear
barcaças
nas suas correntes.
Ave
que te quero Ar
puro néctar incolor
a aspirar
e inspirar
pulmão e coração
de um mundo
mais decente.
Ave
que te quero Vida
vivida
para sempre plena
em cada canto
do universo,
armada,
defendida,
blindada de versos!

No hay comentarios:

Publicar un comentario